Copagril
Política Lava Jato

Justiça bloqueia R$ 20 milhões em bens de Beto Richa

Foto: Arnaldo Alves/ANPr

A Justiça Federal do Paraná acolheu pedido da força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF) e determinou o bloqueio de bens e ativos financeiros no valor de até R$ 20 milhões do ex-governador Beto Richa (PSDB). Outras seis pessoas investigadas na operação Piloto, que apura suspeitas de fraude em uma licitação para a duplicação da PR-323, no Noroeste do Estado também tiveram parte de seus bens bloqueados: o irmão do ex-governador, e ex-secretário de Estado da Infraestrutura, José ‘Pepe’ Richa Filho; o primo do tucano, Luiz Abi Antoun; o contador da família, Dirceu Pupo; Rafael Gluck e José Maria Ribas Mueller.

Richa e os demais envolvidos foram denunciados pela Lava Jato em 5 de junho, pela prática dos crimes de corrupção ativa e passiva, fraude licitatória e lavagem de dinheiro. O despacho também prevê a indisponibilidade de bens imóveis e de veículos e o sequestro de parte de imóvel citado no esquema de corrupção. As mesmas medidas, com valores proporcionais, foram aplicadas aos outros réus.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

 

Com Bem Paraná 

TOPO