Variedades

6 destinos para curtir o frio sem gastar muito

Conteúdo exclusivo - Conversion

19/05/2017 às 17:20 - Atualizado em 19/05/2017 às 17:20

Divulgação

O inverno se aproxima, e, com ele, as baixas temperaturas. Para quem gosta do frio, é uma ótima oportunidade para sair de casa e conhecer novos destinos. Confira, abaixo, uma lista de locais nacionais e internacionais que você pode visitar por menos de R$ 1.000. Os dados são da ferramenta QuandoViajar, da agência online de viagens, Viajanet, e os preços já incluem taxas.

 

1. Curitiba (PR)

A capital paranaense é a mais fria do país, com temperaturas médias de 10ºC durante o inverno. Com uma infraestrutura de dar inveja, a cidade tem uma oferta muito grande de atividades culturais. Para aproveitar o frio, no entanto, o que mais chama a atenção são os estabelecimentos voltados à gastronomia. Restaurantes de fondue, de massas, de carne e confeitarias, que oferecem cafés coloniais, deliciosos pães, bolos e tortas, compõem o charme da região e são frequentados tanto por curitibanos quanto por turistas. É possível encontrar passagens por R$ 245 em junho.

 

2. Montevidéu (Uruguai)

A capital uruguaia tem estações muito bem definidas. Por isso, dependendo da época do ano, a paisagem se modifica de forma perceptível pelos turistas.  O frio que faz no outono e no inverno não impede de passear ao ar livre e contemplar as ruas, parques e praças. Mas se você prefere lugares fechados, Montevidéu tem uma grande oferta de cafés e casas de chá aconchegantes e uma atividade cultural intensa, com teatros e museus. O turista encontra passagens em junho por R$ 745.

 

3. Bariloche (Argentina)

San Carlos de Bariloche, ou, para os íntimos, apenas Bariloche, é o destino argentino ideal para você que gosta ou tem o sonho de conhecer a neve. Os brasileiros invadem a cidade em busca dos esportes de inverno e das belíssimas paisagens proporcionadas pela neve. Quem vai para Bariloche, não pode deixar de se divertir no esqui-bunda, em Piedras Blancas, e de visitar a Confeitaria Giratória, um restaurante que dá uma volta lenta de 360 graus, localizado no Complexo Turístico Teleférico Cerro Otto. É possível viajar para o destino ainda no mês de maio por R$ 986.

 

4. Santiago (Chile)

A capital chilena se destaca por diversos motivos. Entre eles, a presença de neve e as variadas estações de esqui na região. Os vinhos chilenos também são muito famosos. Para quem é amante da bebida, é crucial visitar vinícolas e fazer um tour guiado para entender o processo de produção da bebida e ainda fazer degustações. Em junho, é possível comprar passagens por R$ 833.

 

5. Buenos Aires (Argentina)

Mais uma cidade argentina na lista. Dessa vez, a capital do país. Buenos Aires possui uma atividade cultural intensa, com museus e centenas de teatros. Durante o inverno, é comum turistas e portenhos desfrutarem dos tradicionais cafés e chocolates presentes nas cafeterias. Elas são tão importantes que algumas até se tornaram patrimônio cultural da cidade. É possível encontrar passagens por R$ 918.

 

6. Porto Alegre (RS)

A capital gaúcha vai muito além das churrascarias, embora a carne seja sagrada para os porto-alegrenses. A cidade sulista tem uma programação cultural diversificada e intensa. Não deixe de visitar a Casa de Cultura Mario Quintana, um dos centros culturais mais completos da América Latina e que é uma homenagem ao icônico poeta Mario Quintana. Anteriormente, o local era ocupado pelo hotel Majestic, onde o escritor morou por quase 15 anos. O turista encontra passagens em julho por R$ 331.

Publicidade
Loterias

MEGA SENA

Concurso 1933 24/05/2017
  • 15
  • 19
  • 35
  • 59
  • 14
  • 2
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade