Ecoville – Maior rede de limpeza
Esportes

Bicampeão, Colégio Rui Barbosa representará o Brasil no Mundial

Joni Lang/OP

A equipe Colégio Rui Barbosa/Associação Rondonense de Basquete (Aroba)/Sicredi/Marechal Cândido Rondon faturou o feito inédito de se tornar bicampeã brasileira, desta vez pelo Campeonato Brasileiro de Desporto Escolar. O título veio em uma partida muito equilibrada, cujo resultado final foi de 57×56 ao time rondonense sobre o selecionado do Estado de São Paulo em partida realizada no último sábado (08).

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

Na tarde de ontem (10), os atletas que trouxeram mais um título brasileiro de basquete desfilaram em carro aberto pelas principais ruas do município, acompanhados por uma carreata de torcedores, amigos e familiares. Tal vitória é em dose dupla: além de se classificar ao pan-americano que será disputado no mês de julho, em local a ser definido, os atletas que representam o Colégio Rui Barbosa no Campeonato Brasileiro de Desporto Escolar carimbaram passaporte ao Mundial, que terá início no fim deste mês, tendo por local a Croácia.

O treinador do selecionado que atuou pelo município e pelo Estado agora volta as atenções à preparação ao Mundial da Croácia. Ao O Presente, o técnico Guilherme Prates Roma ressaltou que cinco anos atrás poucas pessoas acreditavam que qualquer equipe do Paraná pudesse atingir tal feito. Hoje Marechal Cândido Rondon se torna bicampeão brasileiro de basquete. É algo inédito porque o Paraná nunca tinha sido campeão e agora está sendo bicampeão. Esta é uma conquista que não é só do basquete rondonense, mas do Estado, porque o Paraná está em outro patamar no basquete brasileiro, garante.

Joni Lang/OP

Grupo forte

Roma diz que o grupo que o time rondonense terá pela frente no Mundial de Basquete é osso duro. Nós pegamos a China, que é uma potência, Emirados Árabes, que não têm tanta tradição assim, e o Chile, também da América do Sul. O Chile tem a característica de ser uma equipe mais baixa, mas é muito aguerrida e intensa. A gente tem um trabalho bastante complicado nessa chave por enfrentar uma potência como a China, que tem garotos muito altos, avalia.

O técnico menciona que a equipe embarca para São Paulo no próximo dia 24, cidade onde haverá dois dias de treinamento. A gente vai se preparar muito bem para representar o Brasil, enaltece.

Se engana quem pensa haver folga – os atletas só não treinam ontem e hoje (11) para a recuperação física. Os treinos iniciam quarta-feira (amanhã, dia 12), seguindo diariamente durante a Páscoa e feriado de Tiradentes. Sabemos das condições físicas e técnicas dos nossos atletas, por isso vamos focar no nosso melhor: o basquete de transição que desejamos colocar no Mundial, finaliza.

Joni Lang/OP

TOPO