Ford Ranger 2021 + Territory
Copagril – Compras no Site
Esportes

Com apenas sete jogadores no elenco, Marechal Cândido Rondon é o campeão do futebol sete

Nessa segunda-feira (18) foi realizada a decisão do Futebol Sete, a equipe de Marechal Cândido Rondon se superou mais uma vez, já que conta com apenas sete jogadores no elenco desde o primeiro jogo da competição, e venceu o time de Carambeí por 3 a 2, sagrando-se o campeão da modalidade. O terceiro lugar ficou com o time da casa que bateu a equipe de Paranaguá na disputa por shoot-out após empate por 5 a 5 no tempo regular.

O jogo
Logo no início da partida pode-se ver dois bons times dentro das quatro linhas dignos de disputarem a final dos JAPs. De um lado a equipe de Carambeí invicta com 12 gols marcados e apenas três sofridos. Do outro, Marechal Cândido Rondon com nove gols prós e cinco contra.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Sem contar com mais jogadores para substituição, ou até mesmo se houvesse alguma punição, o time de Marechal agia com calma, tocando bastante a bola, diferente de Carambeí que tomava iniciativa de jogo. Com a determinação, o time dos Campos Gerais abriu o placar aos 10 minutos de partida com Lucas. Em desvantagem, Marechal arriscou mais e chegou ao empate com Diogo aos 13 minutos.

No segundo tempo as duas equipes trabalhavam a bola para ampliar o marcador e não demorou muito para a rede balançar mais uma vez. Foi necessário apenas três minutos para Jean Felipe marcar para Carambeí deixando a equipe em vantagem novamente. Entretanto, o adversário não se abateu e preferiu continuar se superando. Aos 12 minutos, Diogo marcou o seu segundo gol na partida, empatando o placar pela segunda vez.

A bola ia rolando, o tempo passando, e o placar continuava o mesmo. Tudo indicava que a decisão do ouro iria para o shoot-out. Até que em menos de cinco minutos do apito final, Ruan arrancou em velocidade e mandou para o fundo da rede. Com pouco tempo, a equipe de Carambeí não conseguiu reverter o resultado, terminando a disputa em segundo lugar. Para o autor do gol do título, a conquista era algo inesperado, mas que ninguém irá esquecer. “Pra gente tem um sabor muito especial. Saímos de Marechal em sete, jogamos dois jogos no dia sem ter troca, tem o fator dos cartões que temos que tirar o pé em várias jogadas para chegar na final inteiros, com todo mundo bem. É uma conquista que ninguém daqui irá esquecer”, diz.

O treinador Robson Nunes contou que a categoria do futebol foi uma novidade para o grupo e falou sobre as dificuldades enfrentadas. “A nossa equipe foi montada meio em cima da hora. Nunca tínhamos disputado essa competição, mas o Secretário de Esportes de Marechal Cândido Rondon pediu exclusivamente pra gente vir. Não sabíamos o que iríamos enfrentar, não conhecíamos todas as regras, estudamos meio que nos dias dos jogos. Tínhamos escrito 15 jogadores, mas alguns não puderam vir pelo fato do trabalho e outros compromissos. Viemos aqui, ficamos em uma chapa muito forte terminando em segundo lugar. Sabíamos que tínhamos que ter muita tranquilidade porque cada momento que um jogador levasse um amarelo ficaria dois minutos fora do jogo, tínhamos que controlar as faltas também, e a equipe foi crescendo com isso, suportando, jogando só com sete, nos consagrando os campeões do estado do Paraná”, afirma.
 

A classificação final do Futebol Sete ficou a seguinte:

1º lugar: Marechal Cândido Rondon
2º lugar: Carambeí
3º lugar: União da Vitória.

TOPO