Ecoville – Maior rede de limpeza
Esportes

Inter atropela o Sampaio Corrêa e confirma vaga na Copa do Brasil

Ricardo Duarte/Internacional

Atuando com o time reserva, o Internacional fez um bom jogo diante do seu torcedor na noite de quarta-feira (15), venceu o Sampaio Corrêa por 3 a 0 e classificou-se à 4ª Fase da Copa do Brasil. Carlos (2) e D’Alessandro marcaram os gols que construíram o placar agregado de 7 a 1 (havia vencido por 4 a 1 a partida de ida). O adversário na próxima etapa será definido em sorteio nesta sexta-feira, na CBF. No sábado (18), o desafio é pelo Gauchão, contra o São Paulo-RS, no Beira-Rio.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

Titulares poupados

Em meio à maratona de jogos no Gauchão e Copa do Brasil, o técnico Antonio Carlos Zago optou por preservar alguns jogadores titulares. Foi uma boa oportunidade para o grupo colorado mostrar a sua qualidade em uma temporada que promete ser de muitas exigências e na qual todos os atletas acabarão tendo oportunidade de atuar. O Inter começou com: Marcelo Lomba; William, Ernando, Neris e Iago; Charles, Fabinho, Seijas, Valdívia e Roberson; Carlos.

Com o regulamento debaixo do braço

O duelo começou bastante movimentado no Beira-Rio, com ambas as equipes buscando as jogadas ofensivas. Aos 5 minutos, Seijas disparou o chute e Jean espalmou para escanteio. Aos 9, Daniel Barros cobrou falta e a bola passou perto do travessão. Aos 11, Guilherme invadiu a área e chutou cruzado para a defesa de Marcelo Lomba.

Com a boa vantagem obtida em Maranhão, o Inter procurou manter o controle do jogo, sem se expor demasiadamente e buscando ser eficiente no ataque. Aos 20, Valdívia bateu escanteio e Ernando cabeceou à direita do gol adversário, com perigo. Aos 28 minutos, Valdívia cruzou da direita e a bola estava chegando para Roberson concluir na área, mas Roniery fez o corte providencial. Aos 38, William fez lançamento longo e Carlos desviou de cabeça, nas mãos de Jean.

Carlos abre a contagem

Aos 41, a classificação ficou ainda mais do lado vermelho: em rápida escapada pelo lado direito, Fabinho  cruzou na medida para Carlos cabecear com força para o fundo da rede. No finalzinho do primeiro tempo, Hiltinho chutou rasteiro, à queima-roupa, e Marcelo Lomba fez grande defesa, evitando o empate.

No intervalo, D’Alessandro entrou no lugar de Seijas. Na sua primeira participação, o meia cobrou escanteio e Charles cabeceou rente ao travessão. No minuto seguinte, o Sampaio Corrêa assustou na bola parada: Daniel Barros bateu falta rasteira e Lomba se esticou todo para fazer a defesa.

De novo Carlos!

Aos 23, Iago fez lançamento com precisão cirúrgica e Carlos tocou com categoria por cima do goleiro para ampliar. 2 a 0!  Foi o terceiro gol do atacante com a camisa colorada em oito jogos.

Que bucha, D’Ale!

A noite ficou ainda mais alegre com o golaço de D’Alessandro, aos 29 minutos. O camisa 10 cobrou falta com muita qualidade e acertou a bola no ângulo direito. 3 a 0! No placar agregado, a vantagem no confronto com os maranhenses aumentava para 7 a 1. Depois disso, restou esperar pelo apito final para comemorar a classificação no torneio nacional. “Temos que nos acostumar a vencer em casa. Hoje jogamos bem e merecemos”, disse D’Alessandro.

TOPO