Ecoville – Maior rede de limpeza
Esportes

Massa e Nasr experimentam “halo” em treino válido pelo GP do México

Divulgação

Os dois representantes brasileiros da Fórmula 1, Felipe Massa e Felipe Nasr, aproveitaram o 1º treino livre no México para experimentar pela primeira vez o halo, proteção de cockpit que pode ser implementada na categoria nos próximos anos.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Os pilotos usaram o aparato nos primeiros minutos da sessão desta sexta-feira, no Autódromo Hermanos Rodríguez e depois, já sem o objeto, retornaram à pista e anotaram, respectivamente, o nono (1m21s836) e o 17º tempos (1m23s089). O mais rápido da atividade foi o vice-líder do campeonato, Lewis Hamilton, com 1m20s914. Já o líder da temporada e com chances de ser campeão neste fim de semana, Nico Rosberg, foi somente o sétimo, com 1m21s673.

A dupla da Mercedes anotou seus melhores tempos com os pneus macios (faixa amarela).  Entre as duas Flechas de Prata ficaram as duplas da Ferrari, da Force India, além da Williams de Vallteri Bottas. A escuderia italiana mostrou força no circuito com Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, segundo e terceiro colocados, com 1m20s993 e 1m21s072, ambos com os compostos macios também.

Já a Force India lançou mão dos pneus supermacios, os mais aderentes selecionados para esta etapa, e emplacou Sergio Pérez e Nico Hulkenberg no top 5. Quem também ficou  à frente de Rosberg foi o parceiro de Massa na Williams, Bottas. A surpresa negativa ficou por conta da RBR. Daniel Ricciardo foi somente o oitavo, enquanto Max Verstappen, com problemas no freio, ficou ainda mais atrás, em 14º.

A sessão foi interrompida por alguns minutos com bandeira vermelha para que os fiscais retirassem detritos da pista, pedaços  da asa dianteira de Nasr, que quebrou após o brasileiro passar em uma zebra alta do circuito.

Válido pela 19ª e antepenúltima etapa da temporada 2016 da Fórmula 1, o GP do México pode ser palco da consagração de Nico Rosberg como campeão mundial. Com 331 pontos, o alemão precisa vencer a corrida e torcer para Lewis Hamilton (305) não passar na 10ª colocação para faturar o título de forma antecipada.

TOPO