Copagril
Geral

2,5 mil propriedades serão analisadas na região

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) Sustent aacute;vel saiu do papel para, finalmente, ganhar a Bacia do Paran aacute; 3 (BP3). Duas equipes de t eacute;cnicos capacitados pela Ag ecirc;ncia de Desenvolvimento Regional do Extremo Oeste do Paran aacute; (Adeop) e supervisionados por profissionais da Itaipu, do Minist eacute;rio de Desenvolvimento Agr aacute;rio (MDA) e da pr oacute;pria Adeop fizeram, na ter ccedil;a-feira (24), em S atilde;o Miguel do Igua ccedil;u, o primeiro trabalho de campo do Pronaf Sustent aacute;vel. Duas propriedades foram visitadas. Ontem (25) foi elaborado um diagn oacute;stico que servir aacute; de base para a concess atilde;o do cr eacute;dito aos agricultores.
A visita dos t eacute;cnicos foi o marco inicial de um trabalho que, aos poucos, vai abranger toda a BP3. As duas equipes que sa iacute;ram a campo s atilde;o compostas por um engenheiro agr ocirc;nomo, um engenheiro ambiental e um profissional da aacute;rea de geoprocessamento. ldquo;Enquanto um grupo executou o trabalho, outro observou, para se apropriar da metodologia rdquo;, explica Jo atilde;o Jos eacute; Passini, coordenador do projeto de Agricultura Org acirc;nica do Programa Cultivando Aacute;gua Boa e um dos respons aacute;veis, por parte da Itaipu, pelo desenvolvimento do Pronaf Sustent aacute;vel na BP3.
Supervisionando ambas as equipes estavam o engenheiro agr ocirc;nomo S eacute;rgio Angheben, da Itaipu, o engenheiro agr ocirc;nomo e gestor do Pronaf Sustent aacute;vel pelo MDA, Mauri Andrade, e o engenheiro ambiental e gestor pela Adeop Felipe Marquez. A atividade come ccedil;ou por S atilde;o Miguel do Igua ccedil;u para facilitar o deslocamento das equipes que estavam reunidas em Foz do Igua ccedil;u. A primeira impress atilde;o foi a melhor poss iacute;vel. ldquo;Os agricultores foram receptivos e tudo transcorreu como o esperado rdquo;, ressalta Passini. ldquo;Para essa primeira etapa n atilde;o tivemos dificuldades, tendo em vista que os instrumentos foram exaustivamente preparados e revisados, e os t eacute;cnicos est atilde;o bem capacitados rdquo;, afirma. nbsp; nbsp; nbsp; nbsp; nbsp; nbsp; nbsp;
De posse dos dados coletados a campo, ontem come ccedil;ou a ser elaborado o Plano de Desenvolvimento Sustent aacute;vel da Unidade Familiar (PDSUF) para as duas propriedades rurais visitadas. ldquo;Os dados ser atilde;o inclu iacute;dos em um aplicativo desenvolvido para esse fim, que eacute; o Sig@livre sustent aacute;vel, apoiado pela Itaipu a partir do Sig@livre utilizado no Programa Cultivando Aacute;gua Boa rdquo;, explica Passini.
ldquo;O desenvolvimento de um aplicativo com as caracter iacute;sticas sist ecirc;micas necess aacute;rias ao trabalho, com condi ccedil; otilde;es para ser utilizado em todo o Brasil, eacute; uma grande contribui ccedil; atilde;o que a Itaipu oferece ao Pronaf Sustent aacute;vel rdquo;, destaca Passini.
Hoje (26) devem acontecer reuni otilde;es nos munic iacute;pios de Missal e Ramil acirc;ndia, para o planejamento do in iacute;cio dos trabalhos de campo nessas cidades.

Pronaf Sustent aacute;vel
O Pronaf Sustent aacute;vel eacute; uma a ccedil; atilde;o do governo federal voltada agrave; melhoria da infraestrutura das propriedades rurais por meio de uma linha de cr eacute;dito inovadora, com juros abaixo do mercado. A a ccedil; atilde;o difere dos demais incentivos federais j aacute; criados na aacute;rea por financiar, em apenas uma uacute;nica opera ccedil; atilde;o e cr eacute;dito, necessidades de toda a propriedade do campo – e n atilde;o apenas das culturas obtidas no plantio. Eacute; o chamado ldquo;enfoque sist ecirc;mico rdquo; do programa.
Itaipu assentou a base do Pronaf Sustent aacute;vel ao desenvolver as diversas a ccedil; otilde;es do Programa Cultivando Aacute;gua Boa na BP3, regi atilde;o escolhida pelo governo federal para testar o programa. Em fevereiro deste ano, o MDA assinou um termo de coopera ccedil; atilde;o com a Itaipu e a Adeop para a implanta ccedil; atilde;o da fase inicial do trabalho, que tem como alvo 2,5 mil propriedades agr iacute;colas nos 29 munic iacute;pios da BP3. Ser aacute; uma esp eacute;cie de laborat oacute;rio antes de o benef iacute;cio se estender a outras regi otilde;es do pa iacute;s.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

lt;galeria / gt;

TOPO