Copagril – Compras no Site
Geral

Orientação sobre a Hepatite acontece amanhã em Rondon

A Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon em parceria com os clubes de Rotary e o Lions Club, realiza neste sábado (03), uma ação de orientação sobre as Hepatites B e C. A programação será desenvolvida a partir das 8 horas nos cinco semáforos da cidade, com distribuição de material informativo sobre a doença e orientações diretas às pessoas.

Paralelo também será realizado na Unidade de Saúde 24 Horas, teste rápido da Hepatite B e C, das 8 às 17 horas. Este atendimento estará à disposição de todos os interessados, bem como a vacina contra a doença que este mês foi estendida até a faixa etária de 49 anos. A primeira imunização contra a Hepatite B e C acontece logo que a criança nasce e depois segue o calendário de vacinas das crianças.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

O adulto que não foi vacinado deve tomar a vacina em três doses. A primeira, a segunda 30 dias depois da primeira e a terceira dose seis meses após a primeira. No entanto, o adulto antes de tomar a vacina precisa realizar o teste para comprovar que não teve o contato com o vírus.

As Hepatites B e C são doenças silenciosas que atacam o fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano e se não forem descobertas de forma precoce podem causar complicações sérias e implicar em doenças como a cirrose hepática e o câncer de fígado. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 10% dos casos e Hepatite B e C evoluem para o câncer de fígado, sendo uma das maiores causas desta doença.

A contaminação com o vírus da Hepatite B se dá através da relação sexual, por uma Doença Sexualmente Transmissível, sendo a facilidade de transmissão ate 100 vezes maior que a AIDS. A transmissão também acontece através do sangue. A transmissão do vírus da Hepatite C normalmente se dá pela utilização de instrumentos contaminados com sangue, como materiais de manicure, de pedicure, de barbeiros, tatuadores, por perfurações para colocação de piercings ou ao realizar tratamento e acupuntura.

Compartilhar agulhas não descartáveis ou usar instrumentos de dentistas não esterilizados corretamente também podem resultar na transmissão do vírus. O infectado raramente apresenta sintomas, mas pode apresentar mal estar generalizado, falta de apetite, cansaço, dor abdominal e diarreia, vômitos e náuseas. Uma vez descoberta a doença, o tratamento deve ser iniciado imediatamente com médicos especializados como infectologistas, hepatologistas, ou gastroenterologistas.

TOPO