Ford/Abradif/Rodovel Ranger
Geral

Osmar Dias defende retomada da industrialização do Estado

O candidato da coligação ?A união faz um novo Amanhã?, Osmar Dias, abriu ontem (16), em Curitiba, o encontro promovido pela Fiep: ele apresentou suas propostas para o setor industrial e respondeu a perguntas da plateia (Foto: Mauro Frasson/Fiep)

Ocandidato da coliga ccedil; atilde;o ldquo;A uni atilde;o faz um novo Amanh atilde; rdquo;, Osmar Dias, abriu ontem (16), em Curitiba, o encontro que a Federa ccedil; atilde;o das Ind uacute;strias do Estado do Paran aacute; (Fiep) promove com os principais postulantes ao Governo do Estado. Durante uma hora e meia, Dias apresentou suas propostas para o setor industrial e respondeu a perguntas da plateia, composta por cerca de 600 industriais e lideran ccedil;as empresariais. O encontro foi pautado pela Agenda da Ind uacute;stria para o Desenvolvimento Inovador e Sustent aacute;vel do Paran aacute; 2011-2014, documento elaborado pela Fiep e entregue antecipadamente aos candidatos participantes.
Entre as principais propostas apresentadas por Osmar Dias est aacute; a cria ccedil; atilde;o de um conselho representativo da sociedade que auxilie na tomada de decis otilde;es do governo, semelhante ao j aacute; existente em acirc;mbito nacional, ligado agrave; Presid ecirc;ncia da Rep uacute;blica. ldquo;Quero fazer um governo com a marca do di aacute;logo e da transpar ecirc;ncia. Vou criar no Paran aacute; um Conselho de Desenvolvimento Econ ocirc;mico e Social, para que d ecirc; ao governo uma fei ccedil; atilde;o aberta ao di aacute;logo e que atue para corrigir rumos e readquirir a energia que o governo precisa ter para ser efetivamente atuante rdquo;, afirmou.
Al eacute;m disso, outro oacute;rg atilde;o que deve ser criado por Dias caso eleito ser aacute; uma Ag ecirc;ncia de Desenvolvimento, que ficaria sob o comando direto do governador. ldquo;Essa ag ecirc;ncia atuar aacute; junto agrave;s secretarias de Estado e oacute;rg atilde;os p uacute;blicos garantindo sintonia e efic aacute;cia agrave;s a ccedil; otilde;es. O Paran aacute; e os governos de forma geral perdem muito por falta de sintonia de suas a ccedil; otilde;es rdquo;, justificou.
Sobre a Agenda da Ind uacute;stria, Osmar declarou que muitas das a ccedil; otilde;es propostas pela Fiep j aacute; est atilde;o contempladas em seu plano de governo. Uma delas eacute; a amplia ccedil; atilde;o de linhas de cr eacute;dito para o setor. ldquo;Precisamos de linhas que possam atender agrave; demanda por cr eacute;dito de segmentos diferentes da comunidade econ ocirc;mica do Estado. Muitas vezes, uma linha de cr eacute;dito serve para um segmento e n atilde;o serve para outro, principalmente em rela ccedil; atilde;o agrave; car ecirc;ncia e prazo rdquo;, afirmou. ldquo;O que n oacute;s faremos eacute; capitalizar o BRDE, que eacute; o banco que tem que ser parceiro dos empres aacute;rios e dos investidores do Paran aacute; rdquo;, acrescentou.
Al eacute;m disso, Osmar afirmou que pretende capitalizar tamb eacute;m a Ag ecirc;ncia de Fomento do Estado, para que possa financiar micro e pequenos empres aacute;rios e tamb eacute;m viabilizar um programa de incentivo ao empreendedorismo. ldquo;Vamos criar o Jovem Empreendedor, para que o jovem que queira ingressar no mercado de trabalho tenha a op ccedil; atilde;o de j aacute; ingressar com um empreendimento, tendo uma linha de cr eacute;dito espec iacute;fica a sua disposi ccedil; atilde;o rdquo;, explicou.
O pedetista declarou ainda que pretende criar pol iacute;ticas que retomem a industrializa ccedil; atilde;o do Estado. Para o candidato, o crescimento econ ocirc;mico pelo qual o pa iacute;s passa atualmente, com previs atilde;o de aumento de 6,5% no PIB este ano, deve ser aproveitado para a retomada da industrializa ccedil; atilde;o e dos investimentos no Paran aacute;. ldquo;Esse cen aacute;rio que se apresenta nacionalmente tem que inspirar no Paran aacute; uma fase de ousadia nos investimentos p uacute;blicos e privados. Para que haja a atra ccedil; atilde;o dos investimentos privados, precisamos criar um ambiente de harmonia. Esse eacute; o primeiro desafio e atrav eacute;s da cria ccedil; atilde;o do Conselho e das ag ecirc;ncias esse ambiente vai se concretizar. E n atilde;o vou ser governador para ficar no pal aacute;cio esperando que os empres aacute;rios de dentro ou de fora do Estado venham procurar o governo para descobrir quais as pol iacute;ticas que temos para incentivar esses investimentos. Quero estar no comando dessa opera ccedil; atilde;o de resgate da economia do Paran aacute; com investimentos pesados em infraestrutura e dos investidores privados rdquo;, disse.
nbsp;Outro ponto que, segundo Osmar, eacute; fundamental para o avan ccedil;o industrial do Estado eacute; o investimento em pesquisa tecnol oacute;gica. Para isso, defendeu a revis atilde;o no modelo de pesquisa atual. ldquo;N atilde;o podemos abrir m atilde;o de que uma pequena parte do total de pesquisas feitas no Estado sejam por demanda para atender projetos de ind uacute;strias e da agricultura. N atilde;o concebo a ideia de que pesquisadores de uma universidade n atilde;o possam ser remunerados ou premiados por uma pesquisa que traga resultados positivos rdquo;, declarou.

TOPO