Ford Ranger e Ecosport Set/2020
Copagril – Compras no Site
Geral

Paraná já registra 1.539 casos de dengue

Estado possui 26 caminhonetas para o trabalho de fumacê. Na 20ª Regional de Saúde (Toledo), estão recebendo o veículo atualmente os municípios de Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Palotina, Pato Bragado e Santa Helena. Foto: Sesa

A Secretaria da Sa uacute;de divulgou ontem (09) um novo balan ccedil;o do n uacute;mero de casos de dengue no Paran aacute;. Os n uacute;meros, contabilizados at eacute; o dia 03 de mar ccedil;o, mostram que j aacute; foram registrados 1.539 casos da doen ccedil;a, sendo 1.357 aut oacute;ctones – contra iacute;dos dentro do Estado, e outros 182 importados. O n uacute;mero de casos suspeitos notificados chega a 7.213.
Os iacute;ndices de infesta ccedil; atilde;o do mosquito seguem inalterados. Os munic iacute;pios que apresentam maior grau de infesta ccedil; atilde;o do mosquito s atilde;o Doutor Camargo (24,6%), Quatro Pontes (18,42%), Porecatu (18,37%), Nova Alian ccedil;a do Iva iacute; (16,95%), Sarandi (16,72%) e Mercedes (16,36%).
A Organiza ccedil; atilde;o Mundial de Sa uacute;de (OMS) classifica os locais com iacute;ndices de infesta ccedil; atilde;o abaixo de 1% como de baixo risco de uma epidemia de dengue, ou seja, a cada 100 im oacute;veis vistoriados menos de um im oacute;vel pode ter larvas do Aedes aegypti. Entre 1 e 4% o risco de uma epidemia eacute; moderado e acima de 4% o risco eacute; alto.

TOPO