Geral

PDT rondonense pretende dobrar número de filiados

Presidente do PDT local, Paulo Wachholz, vice-presidente, Saul Falkembach, e membro Gilberto da Silva, em visita a este diário, ontem (30): animados para a campanha (Foto: O Presente)

Ap oacute;s a confirma ccedil; atilde;o de que o senador Osmar Dias (PDT) ir aacute; mesmo disputar a vaga de governador do Estado do Paran aacute;, a diretoria executiva do partido em Marechal C acirc;ndido Rondon deu in iacute;cio agrave; articula ccedil; atilde;o de reuni otilde;es para definir estrat eacute;gia de trabalho. Uma reuni atilde;o dever aacute; ser realizada na pr oacute;xima semana com um dos l iacute;deres regionais do partido, Neodi Mosconi, de Toledo. A informa ccedil; atilde;o eacute; do presidente do PDT rondonense, Paulo Wachholz, do vice-presidente, Saul Falkembach e do membro do partido, Gilberto da Silva.
Segundo eles, o ex-deputado federal Werner Wanderer dever aacute; ser um dos coordenadores da campanha de Osmar Dias.
Conforme os l iacute;deres rondonenses, atualmente a agremia ccedil; atilde;o soma em torno de 700 filiados no munic iacute;pio, sendo que a partir da consolida ccedil; atilde;o da candidatura do senador ao Pal aacute;cio das Arauc aacute;rias existe a perspectiva de amplia ccedil; atilde;o do n uacute;mero de correligion aacute;rios. ldquo;Nosso objetivo agora eacute; dobrar o n uacute;mero de filiados, somando v aacute;rias novas lideran ccedil;as ao partido rdquo;, declara Wachholz.
Os integrantes da executiva mencionam que a consolida ccedil; atilde;o da candidatura de Dias ao governo somente confirmou o posicionamento que o pr eacute;-candidato declarou ter em abril do ano passado, em Foz do Igua ccedil;u. ldquo;N oacute;s estivemos l aacute; e fomos testemunha de que ele seria candidato rdquo;, declara Falkembach.

Reconstituindo
O PDT rondonense, que em 2007 foi rachado, agora retoma a unidade por meio de antigas lideran ccedil;as. ldquo;Naquele ano a executiva foi destitu iacute;da para que outras pessoas a conduzissem. Mas aquelas pessoas n atilde;o s atilde;o as que est atilde;o hoje com o partido. Queremos ver se agora elas v atilde;o apoiar o Osmar rdquo;, diz o vice-presidente.
Para os pedetistas, o momento eacute; de deixar as rivalidades locais de lado para trabalhar em prol do projeto de Dias. ldquo;Este sim merece respeito. Eacute; a melhor pessoa para ser candidato, pois construiu um projeto desde 2009 e conhece bem o Paran aacute; rdquo;, enfatiza Falkembach, ressaltando o perfil brizolista de Dias. ldquo;Osmar Dias eacute; uma fonte confi aacute;vel de esperan ccedil;a rdquo;, completa Wachholz.
O presidente do partido no munic iacute;pio declara que a nova executiva j aacute; foi homologada, faltando apenas o retorno do documento do Poder Judici aacute;rio. ldquo;Nos pr oacute;ximos dias dever aacute; ocorrer a posse da executiva rdquo;, conclui.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS
TOPO