Brincando na Praça 2019
Geral

Samek deve deixar cargo na Itaipu até sábado

Jorge Samek seria uma das opções do PT para oferecer como candidato a vice-governador ao senador Osmar Dias: Se eu me afasto, eu saio do impedimento, mas não significa candidatura. É só para uma situação de necessidade. Foto: Divulgação

O diretor-geral da Usina de Itaipu, Jorge Samek, pode deixar o cargo at eacute; s aacute;bado (03) para ficar agrave; disposi ccedil; atilde;o do presidente Lula na montagem da chapa da alian ccedil;a de apoio, no Paran aacute;, agrave; candidatura da ministra Dilma Rousseff agrave; Presid ecirc;ncia da Rep uacute;blica. Samek seria uma das op ccedil; otilde;es do PT para oferecer como candidato a vice-governador ao senador Osmar Dias, pr eacute;-candidato do PDT ao Governo do Paran aacute;. Samek estava desde ter ccedil;a-feira (30) em Bras iacute;lia, onde conversaria com o presidente da Rep uacute;blica sobre a possibilidade. nbsp; Samek disse que quando esteve em Arauc aacute;ria, h aacute; duas semanas, o presidente o consultou sobre a disposi ccedil; atilde;o de concorrer nas elei ccedil; otilde;es deste ano. Mas, se deixar o cargo, o petista garante que ser aacute; apenas uma medida preventiva, caso seja necess aacute;rio, l aacute; na frente, assumir uma candidatura. ldquo;Esse eacute; o chamado instituto da precau ccedil; atilde;o. O presidente trabalha com todas as possibilidades. Se eu me afasto, eu saio do impedimento, mas n atilde;o significa candidatura. Eacute; s oacute; para uma situa ccedil; atilde;o de necessidade. Ele me consultou e eu disse lsquo;sou do time, presidente rsquo; rdquo;, justificou.
Para o diretor da Usina de Itaipu, que trocou o mandato de deputado federal em 2003 para assumir a empresa, o esfor ccedil;o eacute; para reproduzir no Paran aacute; a alian ccedil;a nacional nas elei ccedil; otilde;es de outubro. Ele assinalou que, at eacute; que se definam as posi ccedil; otilde;es, a ex-presidente estadual do PT Gleisi Hoffmann continua sendo a pr eacute;-candidata do partido ao Senado. ldquo;A Gleisi tem uma boa performance nas elei ccedil; otilde;es, est aacute; bem nas pesquisas de inten ccedil; otilde;es de votos e eacute; o nosso grande nome para o Senado. Mas eacute; claro que todo este processo ainda est aacute; em conversa ccedil; atilde;o rdquo;, disse Samek.
Ele lembrou que o PP tamb eacute;m tem um pr eacute;-candidato ao Senado, o deputado federal Ricardo Barros, assim como outro aliado nacional, o PMDB, onde o governador Roberto Requi atilde;o tamb eacute;m concorre. ldquo;Como temos duas vagas e tr ecirc;s pretendentes, um dos partidos ter aacute; que assumir a vaga de vice. Mas vamos continuar conversando rdquo;, observou.

Mais um tempo
Na ter ccedil;a-feira a dire ccedil; atilde;o estadual do PT confirmou o cancelamento da reuni atilde;o do diret oacute;rio estadual no pr oacute;ximo dia 10, que havia sido convocada para definir a posi ccedil; atilde;o do partido na elei ccedil; atilde;o, se faria alian ccedil;a ou lan ccedil;aria candidato pr oacute;prio. Neste dia, o PT esperava receber a proposta do senador Osmar Dias para a alian ccedil;a. Mas os petistas resolveram dar mais um tempo para a costura que o presidente Lula est aacute; fazendo com os partidos da sua base.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

N atilde;o serve
No PDT, a disposi ccedil; atilde;o n atilde;o mudou. A prefer ecirc;ncia eacute; por Gleisi como candidata a vice-governadora. E o motivo eacute; simples. Al eacute;m de ter potencial eleitoral, ela seria a garantia de que o PT n atilde;o abandonaria o PDT sozinho na campanha. E al eacute;m de tudo, deixaria o campo livre para Ricardo Barros (PP) e a composi ccedil; atilde;o com Requi atilde;o. ldquo;Tudo o que foi conversado com o PT eacute; tendo a Gleisi como a vice rdquo;, disse o deputado Fernando Scanavaca, integrante do diret oacute;rio regional.

TOPO