Ecoville – Maior rede de limpeza
Marechal História viva

Evento alusivo ao projeto “Minha cidade, minha história” é realizado no Colégio Eron Domingues

(Foto: Divulgação)
  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: O Presente)

  • Izolde Schneider Vasques, coordenadora do curso de Formação de Docentes e professora das disciplinas de Metodologia do Ensino de Geografia e de História. (Fotos: O Presente)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

  • (Fotos: Divulgação)

Na manhã desta segunda-feira (02), o Colégio Estadual Eron Domingues, de Marechal Cândido Rondon, promoveu um evento alusivo ao projeto “Minha cidade, Minhas memórias”. A atividade foi organizada pela 4ª série do Curso de Formação de Docentes, nas disciplinas de Metodologia do Ensino de Geografia e de História.

Segundo Izolde Schneider Vasques, coordenadora do curso de Formação de Docentes e professora das disciplinas citadas, a iniciativa partiu das estudantes e da equipe pedagógica. “Foram realizados estudos de campo, assim como viagens para conhecer o município com as alunas. O sentido disso é sentir-se componente da história do município e valorizar as pessoas que vieram antes de nós e fizeram sua parte, contribuindo para o desenvolvimento de Marechal Cândido Rondon”, enaltece a docente.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

 

IMPORTÂNCIA DA INICIATIVA

De acordo com a coordenadora do curso de Formação de Docentes e de Estágios, Mirna Wissmann, a metodologia ativa presente na atividade “Minha cidade, minha história” enriquece o processo de aprendizagem. “Há encontro de gerações, contato com memórias e vivências e isso potencializa o ensino. Quem é professor sabe que o aluno não aprende apenas pelo giz ou pela palavra; essas interações são fundamentais”, ressaltou ela durante sua fala aos participantes da mesa de honra e discentes.

 

HISTÓRIA VIVA

Durante a manhã, cada um dos convidados teve oportunidade de falar sobre momentos históricos do município dos quais fizeram parte ou têm marcado na memória, em um diálogo interativo. Na sequência, os presentes foram agraciados por uma apresentação cultural e café colonial.

O evento organizado pela professora Izolde Vasques foi prestigiado por Asta Metz, documentadora do Núcleo Regional de Educação (NRE), Lisane Odete Rheinheimer, vice-diretora do Colégio Eron Domingues, Mirna Wissmann, coordenadora de Curso e Estágio de Formação de Docentes, Lori Spitzer Speck, historiadora e professora, e Udilma Lins Weirich, escritora e historiadora. Ainda, antigos servidores do Executivo municipal marcaram sua presença, como a ex-secretária da Educação e escritora do livro “Desafios, Lutas e Conquistas”, Venilda Saatkamp, a também ex-secretária da Educação Marta Salete Brendo e os ex-prefeitos Ariston Limberger e Moacir Luiz Froehlich. Da administração municipal atual estiveram presentes a secretária da Educação, Marcia Winter da Mota, e o prefeito Marcio Rauber.

 

O Presente

TOPO