Ford/Abradif/Rodovel
Marechal

Prefeitura rondonense e entidades militares devem reimplantar o PROERD no município

Ademir Herrmann

Registro do encontro realizado recentemente na prefeitura para debater sobre a implantação do Proerd

Encontro realizado recentemente na prefeitura reuniu a Secretária de Assistência Social, Maria Cleonice Froehlich, a Secretária de Educação Marta Salete Bendo, Secretario Especial de Coordenação de Programas de Segurança e Trânsito, Arlen Güttges, Comandante do Batalhão de Polícia de Fronteira, Tenente Coronel Erich Osternak, demais integrantes das secretarias municipais e instituições de segurança. Na oportunidade foi detalhado e discutido os preparativos para a reimplantação do programa Proerd no município.

O Programa Educacional de Resistência às Drogas Proerd, é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education – D.A.R.E., surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil.

O Proerd tem como público alvo as escolas de 1ª a 4ª séries e é desenvolvido por policiais militares preparados para desenvolver o lúdico. Através de metodologia especialmente voltada às crianças, o policial passa a mensagem de valorização à vida e a importância de manter-se longe das drogas. Após quatro meses de curso as crianças recebem o certificado Proerd, ocasião em que prestam o compromisso de dizerem não aos tóxicos.

Em Marechal Cândido Rondon o programa foi encerrado em meados de 2008. Agora, através do esforço de várias secretarias em conjunto com as instituições de segurança do município o programa será retomado.

A previsão para oficializar o mesmo é para o segundo semestre desse ano de 2015. A Secretaria de Assistência Social Maria Cleonice Froehlich ressalta que o programa é muito importante. Este programa é fundamental. A prefeitura municipal, com o apoio do Batalhão de Polícia de Fronteira e da Polícia Militar, estará retomado o mesmo. Dentro em breve vamos formalizar esta parceria. A intenção é, já no próximo semestre, iniciar as primeiras turmas. É uma conquista muito grande para todas as famílias e para a população de forma geral de Marechal Cândido Rondon, acredita Maria Cleonice.

Por outro lado o Comandante do Batalhão de Polícia de Fronteira, Tenente Coronel Erich Osternak, enaltece a satisfação de novamente estar em parceria com a administração municipal realizando um programa tão significativo, que deverá gerar bons frutos no município. O Proerd beneficia toda a comunidade, especialmente as crianças. A partir do momento que elas passam por esse programa temos a certeza que são jovens que não se envolveram com o uso ou o trafico de drogas e isso é fundamental para que nas gerações futuras possamos diminuir consideravelmente esse mal em nossa sociedade, acrescenta.

TOPO