Ecoville – Maior rede de limpeza
Marechal Saúde

Programa Remédio em Casa começa a atender rondonenses

(Foto: Divulgação)

Esta segunda-feira (02) foi um dia histórico para a saúde rondonense. Logo no início da manhã foi colocado em prática o Programa Remédio em Casa.

O ponto de partida foi a Farmácia Básica, localizada no centro da cidade, onde um motoboy retirou os dois primeiros pacotes de remédios para serem entregues no bairro São Lucas para dois beneficiários, sendo eles Carma Pedra Apolinario e Elias de Souza Seifert Oliveira.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

“É muito bom receber o remédio em casa. Sinto-me aliviada, porque muitas vezes não pude ir pegar a medicação. A entrega de medicação em casa vai facilitar em muito a vida da gente”, comemora Carma, de 78 anos.

A esposa de Elias (32 anos), Mayrin Cristina Seifert Oliveira, também enaltece a importância de receber os remédios na porta de casa, haja vista que são sete ao todo, além de curativos, entre outros. “Muito bom.

O Elias utiliza muito desses medicamentos. Não precisar ir até a farmácia buscar ajuda bastante, até porque tenho que deixar alguém de olho nele”, salienta. “Espero que esse projeto dê certo. Com certeza ajudará muitas famílias, como a nossa”, evidencia.

Os primeiros 60 dias do programa serão usados para ajustes, beneficiando 67 pacientes moradores do São Lucas. Na sequência o “Remédio em casa” será estendido para outros bairros.

OBJETIVO

O programa objetiva realizar a entrega domiciliar de medicamentos a pacientes pré-selecionados, com doenças crônicas, e outros grupos estabelecidos como prioritários, propiciando a continuidade da atenção em saúde e a adesão ao tratamento medicamentoso a partir do acesso facilitado a medicamentos de uso contínuo.

O público-alvo são usuários em tratamento de hipertensão arterial e/ou diabetes, com mais de 60 anos, pacientes acamados, domiciliados e portadores de necessidades especiais. Serão entregues 63 tipos de medicamentos, além de 14 tipos de insumos.

 

OTIMIZAÇÃO

O Remédio em Casa deverá funcionar em todas as unidades de saúde em breve, e beneficiará mais de três mil pessoas. Diante deste grande número, a ação além de beneficiar aqueles pacientes que possuem dificuldades de locomoção para buscarem seus remédios, trará um grande benefício ao próprio setor público da área de saúde, ao evitar a aglomeração de pessoas nas unidades de saúde, otimizando a dinâmica e a eficiência no serviço público de saúde e a melhoria na assistência prestada.

Carma Pedra Apolinario foi uma das moradoras beneficiadas com a entrega dos remédios, segunda-feira (02). (Foto: Divulgação)

Mayrin, esposa de Elias de Souza Seifert Oliveira, recebe os medicamentos que foram entregues para o marido. (Foto: Divulgação)

 

Com assessoria

TOPO