Ecoville – Maior rede de limpeza
Marechal

Regional de Saúde faz capacitação a servidores rondonenses

Divulgação

Servidores da Secretaria Municipal de Saúde, do Centro de Atenção Psicossocial CAPS I e Educação de Marechal Cândido Rondon participaram no auditório da prefeitura, nas segunda e terça-feiras (10 e 11) de oficina ministrada por profissionais da 20ª Regional de Saúde de Toledo. O tema foi Estruturação da Rede de Saúde Mental.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

A oficina sobre o tema foi uma recomendação administrativa expedida pelo Ministério Público. Esse trabalho teve como objetivo promover a articulação e a integração entre os pontos de atenção da Rede de Saúde Mental na atenção de urgência e emergência, para qualificar o cuidado do paciente com demanda espontânea ou referenciada.

Do encontro, saiu a construção do fluxo de atendimento dos pacientes com saúde mental nas portas de entrada de toda a rede pública e órgãos, além de secretarias afins, que tratam diretamente a saúde mental.

A abertura do evento foi feita pelo vice-prefeito Ilário Hofstaetter (Ila) e pela secretária de Saúde, Marciane Specht. Houve ainda a presença da secretária de Educação, Marcia da Mota.

 

TEMAS

No primeiro dia de oficina, os seguintes temas foram trabalhados pela Assistente Social e coordenadora da Atenção Primária a Saúde da Regional, Melânia Aparecida Augustin Marin: o que é saúde; o que é Atenção Primaria à Saúde APS; saúde mental na APS; quais são as responsabilidades de todos nas escolas, CRAS, CREAS, estratégias de saúde, etc.

Foi abordado também o tema O que é o CAPS e qual seu papel, ministrado pela assistente social e coordenadora da Saúde Mental da Regional, Andriele Roberta Girardi.

No segundo dia, participantes reuniram-se em grupos para que cada um reconhecesse sua responsabilidade e para que fosse dado início à elaboração de um fluxograma e de um cronograma de ações.

TOPO