Copagril – Sou agro com orgulho
Marechal Imunização

Saúde oferta terceira dose da vacina contra Covid para rondonenses com 60 anos ou mais nesta quinta-feira

(Foto: Divulgação)

Cidadãos de dois grupos prioritários receberão a terceira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (21), em Marechal Cândido Rondon. Dessa vez, conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a dose será aplicada nos idosos com 60 anos ou mais – ao invés de 70 anos ou mais -, desde que tenham recebido a segunda há 6 meses ou mais.

O outro público-alvo apto a receber a terceira dose amanhã é formado pelos imunossuprimidos de todas as idades. Todavia, eles precisam respeitar o intervalo de 28 dias de aplicação da segunda dose para receber a terceira dose.

Casa do Eletricista – Black Friday

Vale destacar que o atendimento será das 8 horas às 13 horas, somente na estação rodoviária (para pessoas com veículo, no formato “drive thru”). Haverá 260 doses para os públicos mencionados.

Nied 2021 L1

Para serem vacinados, os idosos precisam apresentar documentos pessoais, cartão SUS e comprovante de vacina (se tiver). Já os imunossuprimidos devem apresentar documentos pessoais, cartão SUS e comprovante de vacina, além da declaração médica.

CombateMax Inauguração

 

Segunda dose

Rui Sonho nov/dez

Também na quinta-feira será disponibilizada a segunda dose da marca Pfizer, para quem foi vacinado com a primeira há 56 dias ou mais. Serão ofertadas 400 doses em cada um dos seguintes pontos: café colonial (para pessoas a pé), e na estação rodoviária (para pessoas com veículo, no formato “drive thru”). O atendimento será das 16h às 20h.

 

Marca

A terceira dose deve ser da mesma marca das duas primeiras? Não. Inclusive, estudos indicam que imunizantes distintos ensinam o sistema imunológico a se defender de maneiras diferentes contra a Covid-19, o que fortalece as defesas. Por isso, preferencialmente faz mais sentido que seja uma vacina de marca diferente da que a pessoa já tenha tomado. A intenção é tentar aumentar o alcance da eficácia da vacina e da proteção.

 

Imunossuprimidos

Este grupo é composto por pessoas com imunodeficiência grave, que estão em tratamento com quimioterapia para câncer, que realizaram transplantes de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras, pessoas com HIV, que usam corticoides em doses maiores que 20 mg/dia de prednisona ou equivalente por mais de 14 dias; que usam drogas modificadoras de resposta imune (metotrexato, leflunomida, micofenolato de mofetila, azatiprina, ciclofosfamida, tacrolimus, 6-mercaptopurina, biológicos em geral como: infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tociluzimabe, canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, secukinumabe e ustekinumabe), que possuem doenças auto inflamatórias e intestinais inflamatórias, pacientes em hemodiálise e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

 

Com assessoria

Grupo Costa Oeste 2021

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO