Municípios Adaptação

Educação a distância traz nova realidade aos lares de Quatro Pontes

Secretária de Educação, Cultura e Esportes, Araceli Tauchert: “Estamos conscientes das dificuldades, mas precisamos que as crianças continuem tendo esse momento de estudo em suas casas devido à necessidade total de aprendizagem” (Foto: Vanderleia Kochepka )

O aumento no número de casos do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil levou à suspensão de aulas nas redes municipal, estadual e privada em todo o país, pois o Ministério da Saúde acredita que a melhor forma de parar a transmissão é ficar em isolamento social. Por conta disso, os profissionais procuram se adaptar às novas necessidades da educação por meio do ensino a distância. Em Quatro Pontes, a Escola Municipal Dona Leopoldina, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Cantinho Feliz e os Departamentos de Cultura e de Esportes aderiram ao sistema e, com muito esforço, têm dado continuidade ao processo de ensino aprendizagem das crianças, sem prejudicar o avanço dos alunos. Todavia, o desafio tem sido grande para os educadores, afirma a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Araceli Basso Tauchert. “Ninguém estava preparado para a situação de levar a metodologia educacional para o mundo on-line, mudando drasticamente a rotina da comunidade escolar”, pontua.

As crianças, segundo ela, também estão tendo que se adaptar com o estudo em ambiente no qual estavam acostumados a brincar e descansar na maior parte do tempo. “Os pais tiveram que rever a rotina de trabalho e acompanhar o desenvolvimento educacional dos filhos em casa, enquanto a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes busca novas maneiras de oferecer suporte para docentes e alunos. Isso porque, apesar de muitos educadores terem longa bagagem e muita experiência em sala de aula, ensinar em formato on-line exige pontos de atenção diferentes do que é visto na escola”, ressalta.

Casa do Eletricista – RETOMA

 

ENGAJAMENTO

A secretária enaltece que é um momento de conhecimento para os educadores e não se pode esquecer que o sucesso do processo de aprendizagem dos estudantes depende da qualidade com que o conteúdo é transmitido, ou seja, se faz necessário engajar os alunos e garantir uma boa instrução. “Estamos buscando diversas formas para chegar ao aluno, seja na escola, Cmei, cultura e/ou esportes. Professores, equipes pedagógicas e as direções estão o tempo todo pensando em nosso bem maior, que é o educando. Portanto, peço às famílias que colaborem na realização das atividades com seus filhos. Estamos conscientes das dificuldades, mas precisamos que as crianças continuem tendo esse momento de estudo em suas casas devido à necessidade total de aprendizagem. As atividades da cultura e esportes, por sua vez, são mais voltadas para o entretenimento e a qualidade de vida. Então, tirem um tempo com os seus filhos e façam as atividades que estão sendo preparadas com extrema dedicação por todos os professores”, solicita.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO