Paraná

Enchente provoca prejuízos e causa alagamentos em Santa Helena, Missal e Diamante do Oeste

Foram quase 270 milímetros de chuva registrados entre a noite de domingo (29) e a manhã desta segunda-feira (30), causando alagamentos, enchentes e um cenário que não era visto há mais de 30 anos em Santa Helena.

Moradores ilhados, rodovias interditadas, móveis e animais sendo arrastados pela água e muito prejuízo, foi o resultado que as fortes chuvas registradas em Santa Helena e nos municípios vizinhos de Missal e Diamante do Oeste.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

De acordo com o Simepar, em Santa Helena, no domingo, foram registrados 142,2 milímetros e nesta segunda-feira (30), até as 9h15, já havia chovido 128,6 milímetros.

A Defesa Civil foi acionada por volta das 10h4 para se deslocar até a Ponte Queimada, para verificar uma suposta rachadura na ponte, se o fato for constatado o trecho será interditado.

Santa Helena

Na sede do município o caso mais grave foi um alagamento no Loteamento Alvorada, onde a água da chuva invadiu alguns imóveis.

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), nas rodovias que estão sob a jurisdição do posto policial de Santa Helena, houve quatro pontos de interdição, sendo dois na PR-495, em Dom Armando e Portão Ocoí e dois na PR-488, em Linha Santa Cruz e Ponte Queimada, porém todos já foram liberados.

Na Linha Santa Cruz, seis pessoas de duas famílias ficaram ilhadas, após uma tentou socorrer a outra e tiveram que ser resgatadas de barco, pois o nível do Rio Morenão subiu muito em poucos minutos. O regate foi feito por populares e pela Polícia Militar Ambiental. Apesar do susto e desespero, todos passam bem.

Na linha São Braz, o nível do Rio São Francisco Falso subiu tanto que uma casa foi invadida pela água e os móveis foram arrastados pela correnteza. Um produtor rural teve dezenas de cabeças de gado levadas pela força da água. (veja o vídeo abaixo)

Missal

No distrito de Dom Armando, em Missal, postes que sustentam a rede de transmissão de energia elétrica foram derrubados e vários moradores foram afetados pela interrupção do fornecimento de energia elétrica.

Diamante do Oeste

Em Diamante do Oeste um produtor rural também perdeu várias cabeças de gado que foram levadas pela enchente.

 

Com informações Correio do Lago

TOPO