Copagril
Policial

Polícia investiga acidente com seis mortos no RS

Joel de Brito

O acidente entre um ônibus e uma carreta deixou seis mortos

A Polícia Civil investiga o acidente que deixou seis mortos e sete feridos no Norte do Rio Grande do Sul. Na noite de ontem (04), uma carreta e um ônibus se envolveram em uma colisão na ERS-404, entre os municípios de Sarandi e Rondinha. Conforme o delegado Edson Cezimbra, no local há uma curva acentuada à direita, e nos últimos 15 dias outras duas carretas tombaram no trecho, porém apenas com danos materiais.

Por enquanto a polícia trabalha com os vestígios deixados pelo acidente no local. Pela análise preliminar, a carreta descia a ERS-404, no quilômetro sete, quando o motorista perdeu o controle e tombou. O ônibus, que vinha no sentido contrário, com trabalhadores da transportadora São Miguel, acabou se envolvendo na colisão.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

O grupo de cinco funcionários que estava no coletivo trabalhava no setor de carga e descarga do centro de distribuição da filial da empresa de Santa Catarina em Sarandi. Também morreu o motorista do ônibus, totalizando seis vítimas. “Foram seis vítimas e sete feridos. Vamos enviar a documentação para a necropsia, e posteriormente vamos falar com o motorista da carreta. Ele estava bastante abalado. Informalmente relatou aos policiais que havia feito duas paradas, em Ijuí e Sarandi”, informou o delegado.

Ainda segundo Cezimbra, o condutor levava uma carga de linguiças e outros alimentos de origem animal de São Luiz Gonzaga, na Região das Missões, onde o veículo foi carregado, com destino a Belém, Pará. “Vamos aguardar o resultado do laudo. Há possibilidade de velocidade incompatível para o local, que tem uma curva, ou talvez a carga que ele transportava colaborou, a carga pode ter se movimentado, são hipóteses”, acrescentou o delegado sobre a investigação.

Policiais acompanharam o motorista no hospital. Não foi aplicado teste do bafômetro. Sete pessoas feridas seguem internadas em hospitais da região. Quatro estão no Hospital Comunitário de Sarandi, em estado regular, segundo a instituição. No Hospital de Ronda Alta está outro ferido, também em estado regular.

Joel de Brito
O resgate dos feridos invadiu a madrugada

Não foi possível contato com o Hospital de Caridade de Carazinho, para onde um dos feridos foi encaminhado. E no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, outra pessoa ferida permanecia no bloco cirúrgico por volta das 6h30. O resgate das equipes de socorro se estendeu pela madrugada. O laudo pericial deve ficar pronto em até 30 dias.

A polícia vai ouvir ainda nesta sexta-feira (5) o motorista da carreta, que já recebeu atendimento médico e foi liberado. “Ele ficou bastante abalado. Ainda pela manhã vamos chamá-lo para falar oficialmente”, disse o delegado. De acordo com a Expresso São Miguel, que tem matriz em Chapecó, Santa Catarina, os responsáveis foram informados sobre o acidente e viajaram até o Rio Grande do Sul para tomar as providências necessárias.

TOPO