Novembro Azul
Policial Após motim

Presos transferidos da cadeia rondonense à 15ª SDP em Cascavel respondem por estupro, assalto e furto

Fotos: Divulgação

 

Os três presos transferidos por volta do meio-dia desta sexta-feira (17) da cadeia de Marechal Cândido Rondon à 15ª Subdivisão Policial (SDP) em Cascavel respondem por estupro, assalto e furto. A informação foi confirmada à reportagem de O Presente nesta tarde pelo responsável pela cadeia, o qual avisou que 95 presos ainda permanecem no local.

Segundo relatos, as constantes transferências visam desafogar a superlotação da estrutura e encaminhar à penitenciária os presos já condenados.

Novembro Azul

Outro dado revelado é de que apesar de se dizerem membros de grupos como Comando Vermelho e PCC, a entrada dos presos na ala “Seguro” significa que os mesmos já foram expulsos das facções criminosas.

 

MOBILIZAÇÃO

O princípio de motim deflagrado nesta madrugada na ala “Seguro” foi controlado por agentes penitenciários, com apoio de equipes das Polícias Militar e Civil e do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) controlaram os ânimos dos presos que iniciavam um motim na cadeia de Marechal Cândido Rondon.

Três viaturas do Setor de Operações Especiais (SOE) do Departamento Penitenciário (Depen), com policiais fortemente armados, estiveram na cadeia para a transferência dos presos que se denominavam membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) e do Comando Vermelho.

Trata-se da terceira transferência de presos da cadeia local nesta semana.

 

O Presente

TOPO