Policial

Rondonense é morto com marteladas no Paraguai

A pol iacute;cia de Ypejhu, Paraguai, munic iacute;pio que fica na fronteira seca com Paranhos (MS), investiga a morte do rondonense Lindolfo Dorner, 45 anos. O crime foi registrado na quinta-feira (21), na propriedade da v iacute;tima, na Vila Igatimi, interior de Ypejhu. Lindolfo trabalhava em sua propriedade na produ ccedil; atilde;o de carv atilde;o. Na manh atilde; de quinta-feira ele saiu de casa para o trabalho, mas n atilde;o voltou ao meio-dia, como estava previsto. O desaparecimento se estendeu durante a tarde e ent atilde;o os familiares foram agrave; procura de Lindolfo.
O rondonense foi encontrado morto no final da noite de quinta-feira, numa casa de sua propriedade que n atilde;o era habitada pela sua fam iacute;lia. Ele foi morto com golpe(s) de martelo. A suspeita eacute; de que Lindolfo tenha sido v iacute;tima de um assalto, pois a moto que ele usou para ir trabalhar desapareceu. Ainda n atilde;o existe suspeita da autoria do crime.
Lindolfo residia na localidade h aacute; cerca de sete anos. Ele tinha familiares no Paraguai e Brasil. A previs atilde;o era de que o corpo chegasse a Marechal Rondon ainda ontem. O vel oacute;rio aconteceria na Igreja Martin Luther da Vila Ga uacute;cha. nbsp; nbsp;

TOPO