Copagril
Política

Doria enfrenta pressão de deputados estaduais para disputar o governo

Doze deputados estaduais do PSDB se reuniram na tarde de terça­-feira (16) com o prefeito João Doria para pedir que o tucano dispute o governo de São Paulo. O presidente da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), deputado Cauê Macris, disse que a sigla deve ter candidato próprio e que Doria é o nome forte do qual precisam.

 

"Nós viemos aqui fazer um apelo ao prefeito João Doria para que ele possa encampar a candidatura do PSDB ao governo do Estado de São Paulo. No momento que estamos vivendo, de descrença da população na política, precisamos de um nome forte para fazer a defesa de tudo aquilo que foi feito nas seis gestões do PSDB no Estado", afirmou.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

 

Segundo o deputado, o encontro mostra o apoio da ampla maioria da bancada estadual do partido à candidatura de Doria, mesmo em meio ao recesso no legislativo estadual. Macris diz que o movimento sensibilizou o prefeito, que deve discutir a fundo essa posição junto à prefeitura e junto aos membros do PSDB.

O deputado Roberto Massafera contou que Doria pediu um mês para decidir se lança a pré­candidatura ao governo. "O que pesa mais para ele é ver a equipe [da prefeitura] está estruturada para dar continuidade ao trabalho."

Para ambos deputados, o fato de ter que interromper o mandato antes de completar dois anos à frente da prefeitura não é fator impeditivo. "Temos convicção de que tudo que ele tem feito pela prefeitura de São Paulo pode ser levado para o governo", declarou Macris.

No encontro, cada deputado recebeu um resumo de cem páginas com o balanço das ações de Doria no primeiro ano da prefeitura. No final do ano, a Folha mostrou que o tucano tem mais da metade das promessas de campanha travadas.

 

 

Com informações UOL

TOPO