Ecoville – Maior rede de limpeza
Variedades Rainha do futebol

Chorar no começo para sorrir no fim: Marta é tema de samba-enredo do Carnaval do Rio

(Foto: Divulgação/CBF)

Medalhista olímpica, maior artilheira das Copas, seis vezes eleita a melhor jogadora do mundo, Embaixadora da ONU e, agora, tema de samba-enredo de carnaval. Marta, a Rainha do Futebol, foi homenageada na madrugada deste domingo (23) pela Inocentes de Belford Roxo na Marquês de Sapucaí. A escola, que disputa o acesso para a Série Especial do Rio de Janeiro, veio para a avenida com o enredo “Marta do Brasil – Chorar no começo para sorrir no fim”. O nome evoca a declaração da atleta após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo do ano passado.

“Marta é simples, ela é do povo. Ela saiu de Dois Riachos, chegou ao Rio com sonhos e os conquistou”. A frase dita pelo carnavalesco Jorge Caribé explica o motivo da atacante ser o destaque desse ano da escola. Mais do que o talento com os pés, a Belford Roxo valorizou a trajetória de vida da jogadora. O objetivo foi utilizá-la como referência para todas as mulheres que saem em busca de suas próprias metas. O enredo exalta a imagem da guerreira dos dias atuais. Aos 34 anos, a camisa 10 da Seleção Brasileira comemorou a oportunidade de contar sua história.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

“Muita garra para representar nosso país da melhor maneira possível. Fico muito honrada de poder participar de tudo isso, para que cada vez mais a gente possa inspirar mulheres, homens, crianças”, disse Marta

Com cerca de dois mil componentes, a Inocentes de Belford Roxo abriu o desfile com o “Nordeste Minha Paixão”. Através das fantasias e das coreografias, a comissão de frente retratou o sonho da atacante se tornando realidade. O carro abre-alas foi um tributo ao estado de Alagoas, cidade natal da jogadora, e representou o pontapé inicial de sua carreira. O desfile também passou pela cultura nordestina, pelas conquistas durante sua trajetória profissional e por sua batalha à igualdade de gênero.

Imobilizando a Sapucaí, Marta fez questão de agradecer do início ao fim da apresentação. A atacante entrou na última ala da escola de samba que trouxe uma grande chuteira dourada evidenciando suas seis Bolas de Ouro e o título de Embaixadora da ONU. Além dela, o carro contou com a presença de sua mãe, Dona Tereza, de seus familiares e amigos. A técnica da Seleção Brasileira, Pia Sundhage, e a auxiliar técnica Bia Vaz também marcaram presença no desfile. A Inocentes ainda contou com a ajuda de quinze jogadoras de futebol do América Futebol Clube e, pela primeira vez, com intérpretes de libra à frente da bateria.

 

MARTA DO BRASIL – CHORAR NO COMEÇO PARA SORRIR NO FIM

Autor(es) do Samba-Enredo: Cláudio Russo / André Diniz/ Altamiro

Letra do Samba-Enredo

Rainha sim
No talento, na luta e na vocação
Há tantas mulheres por aí assim
Crias da favela, filhas do sertão
E lá vem a menina Driblando a seca, em meio a poeira
Ganhando o mundo
Vencendo a sina
Lembrando de tudo para ser verdadeira

Em Dois Riachos ficou a saudade
À beira do rio se aventurou
Fintou a tristeza com habilidade
Com ar de nobre de cara pro gol

Da neve o lume da estrela
À dignidade de uma heroína
O maior exemplo de dona Tereza
Traduz sentimento em cada retina
Empoderamento, coisa de alma feminina
Eu sei que o preconceito vem de todo lado
Aquelas que usam batom no gramado
Carregam a pátria além da chuteira
Também sei
Que a sua luta é a nossa bandeira
Em cada segundo
A força que tem a mulher brasileira

É a Marta, é a deusa
A defesa aos seus pés
É bola de ouro, é gente da gente
O brilho inocente da camisa 10

 

Com Confederação Brasileira de Futebol

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO