Copagril – Compras no Site
Variedades Novo caso

Homem que forneceu drogas para Demi Lovato alega: “Ela sabia que estava ingerindo pílulas ilegais”

Quando questionado sobre as pílulas, Johnson diz que Demi sabia que elas não eram farmacêuticas e muito fortes, porém ele afirma não saber que estavam misturadas (Foto: Divulgação)

As notícias envolvendo a overdose de Demi Lovato não param! Na madrugada desta segunda-feria (27), o site TMZ liberou um vídeo do homem que supostamente forneceu as drogas para Demi e ele afirma que a cantora sabia muito bem que estava ingerindo pílulas ilegais.

No vídeo, Brandon Johnson conta que Demi lhe mandou uma mensagem às quatro horas da manhã do dia 24 de julho para ele ir até a sua casa, horas antes dela ser encontrada inconsciente. Ele diz ter entendido o recado e levou as drogas, que consumiram juntos.

Casa do Eletricista – GENCO

Em diversos momentos, ele insinua que os dois já haviam ingerido drogas anteriormente e que até tinham relações sexuais, o que foi fortemente negado pelas fontes de Demi de acordo com TMZ.

Quando questionado sobre as pílulas, Johnson diz que Demi sabia que elas não eram farmacêuticas e muito fortes, porém ele afirma não saber que estavam misturadas.

Fora isso, ele também conta que foi embora da casa da cantora por volta das sete ou oito horas da manhã e que ela estava dormindo tranquilamente. Porém, já se sabe que na verdade Demi não estava nem um pouco tranquila, pois precisou ser levar às pressas para o hospital, correndo risco de vida.

Segundo o TMZ, diversos amigos de Demi contaram que sabiam que Brandon estava saindo muito com ela e que ele não era uma pessoa boa, mas que irão fazer de tudo para mantê-lo longe dela.

Vale lembrar que Johson já foi preso duas vezes neste ano. Em março, ele foi detido na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, com uma arma semi-automática, drogas e dez mil reais no bolso. E em junho foi pego sob influência de entorpecentes e com posse de cocaína.

 

Com Estrelando

TOPO