Dom João Carlos Seneme

PREPARAI O CAMINHO DO SENHOR, ENDIREITAI AS VEREDAS PARA ELE

Neste 2º domingo do Advento, o Evangelho de São Lucas inicia colocando-nos no tempo de Jesus. Para situar os acontecimentos da história da salvação na história da humanidade, o evangelista apresenta uma descrição da história oficial daquele tempo: Tibério César era o imperador de Roma que dominava Israel; Pôncio Pilatos era o procurador que governava a Judeia; Herodes Antipas administrava a Galileia, lugar da pregação de Jesus; Anás e Caifás eram as autoridades religiosas judaicas. Todos estes dados colocam Jesus nahistória da humanidade.

O tempo é de opressão e desânimo. O povoaguardava a chegada do Messias que os libertaria elhes daria condições de viver em liberdade. Este é o conteúdo da pregação de João Batista, o precursor.Ele anuncia a todos os ventos a próxima chegada do Messias esperado pelo povo de Israel, o novo Moisés que os conduzirá a uma vida nova e livre.

João Batista é um profeta que anuncia a chega dado Salvador, por isso ele aponta os requisitos necessários para esta preparação: aceitar um batismo de conversão para a remissão dos pecados. Para sechegar à salvação oferecida por Deus através deJesus, é preciso eliminar todo tipo de obstáculo.

João grita “preparai o caminho Senhor”: que significa conformar nossa vida à vontade de Deus.Suas palavras são duras e contundentes porque elequer despertar o povo do comodismo e inércia ereacender a fé num Deus Salvador. Quando perdemos a confiança em Deus e a esperança, nos tornamos como um vale que precisa ser aterrado. Énecessário um caminho de conversão pessoal efazer a experiência do encontro com o Deus vivo queé Jesus Cristo. É o próprio Deus que vem ao nossoencontro e espera que o esperemos com nossoscorações abertos. Os sinais que João Batista anunciaserão “caminhos aplainados, vale aterrado,montes e colinas abaixados, passagens tortuosasendireitadas”. Linguagem simbólica para indicar que para encontrar o Senhor precisamos recuperar a confiança, adotar atitudes humildes, renunciar ao orgulho e soberba. Enfim, reconhecer que precisamos de Deus para dar sentido à vida e que Ele nos ajude a criar ambientes sadios, fraternos e solidários.A atitude mais acertada é a busca constante, nãodesanimar e ansiar por este encontro decisivo comDeus. O Salmo 42 reflete este desejo de toda pessoa de fé: encontrar-se com o Senhor: “Assim como a corça suspira pelas águas correntes, suspira igualmente minh’alma por vós, ó meu Deus. Minha almatem sede de Deus, e deseja o Deus vivo. Quando tereia alegria de ver a face do Deus?”.

Este é o espírito que nos acompanha neste tempo de graça do Advento e a primeira ajuda vem de João Batista que gritou naquele tempo e continua gritando: “Preparai o caminho do Senhor!”. Não deixemosa graça de Deus passar em vão, vamosexaminar nossa vida e verificar se damos o verdadeirovalor àquilo que vale a pena! Feliz preparaçãopara o Natal de nosso Salvador!

 

* O autor é bispo da Diocese de Toledo

revistacristorei@diocesetoledo.org

TOPO