Copagril
Variedades

Cantora é acusada de esquema para captar recursos

A cantora Claudia Leitte está sendo acusada de ter um esquema para captar os recursos do Governo Federal, através da Lei Rouanet. A denúncia foi feita por uma empresária que prestou serviços à cantora durante o Carnaval deste ano na Bahia. As informações são de Leo Dias, do jornal O Dia. 

Sueli Dias, dona da empresa TeleEventos, afirma que realizou uma pesquisa e descobriu que existem oito empresas com diferentes CNPJs no nome de Claudia Leitte, algumas delas, abertas também com o nome da mãe da cantora. Apenas uma não possui registro de débitos, a 2Ts Entretenimento, mesma empresa que conseguiu R$ 5,8 milhões pela Rei Rouanet, de incentivo à cultura. 

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Em entrevista à coluna de Leo Dias, Sueli afirmou que Claudia Leitte lhe deve R$ 120 mil referentes a serviços prestados durante o Carnaval em Salvador, como o credenciamento de hotel, camarote e do bloco Largadinho. A assessoria de imprensa da 2Ts Entretenimento disse que Sueli não cumpriu os serviços acordados no contrato e que aguarda decisão judicial em relação ao pagamento. 

TOPO