Copagril – Compras no Site
Poder Legislativo 17 positivos

Dos casos de Covid-19 confirmados em Marechal Rondon, três são profissionais da saúde

(Foto: Cristiano Viteck)

Em atendimento a solicitação do Centro de Operações Emergenciais (COE) de Marechal Cândido Rondon, a secretária municipal de Saúde, Marciane Specht, participou da sessão da Câmara de Vereadores da última segunda-feira (08). O objetivo foi esclarecer a comunidade sobre três casos do novo Coronavírus verificados em profissionais da saúde.

Houve a confirmação da doença em um funcionário da Clínica da Mulher, outro de um funcionário de estabelecimento de saúde privado e de um servidor do posto de saúde do bairro Augusto.

Casa do Eletricista – GENCO

“Este não foi o primeiro estabelecimento de saúde e, com certeza, não será o último que pode ter caso suspeito ou confirmado”, assegura.

Em relação a estes três pacientes, explicou Marciane, foram adotados todos os procedimentos previstos, conforme as Notas Técnicas 01/2020 e 22/2020, da Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa), para garantir a segurança dos demais funcionários e das pessoas que buscam atendimento nestes locais.

“Às vezes dá a impressão que a Secretaria de Saúde trabalha no achismo. Mas, nós trabalhos baseados nas notas técnicas da Sesa. Não tem significância chegar em qualquer unidade de saúde e fazer o teste rápido nos servidores, ou fechar uma unidade e deixar de fazer o atendimento da população”, esclarece Marciane.

Entre as medidas padrão adotadas, tanto para os funcionários da área de saúde como para os demais, está a coleta de material para exame laboratorial dos sintomáticos, que deve ser feito entre o terceiro e quinto dia a partir do início dos sintomas.

Já o teste rápido é recomendado apenas a partir do oitavo dia após o aparecimento dos sintomas do coronavírus.

“A gente acompanha todas as pessoas e faz, a partir disso, o monitoramento dos casos sintomáticos. Para isso existe a equipe médica que apoia o serviço da Secretaria de Saúde”, reforça.

De acordo com o COE e a Secretaria, sempre que possível a população deve ficar em casa. Mas, quando necessário buscar as unidades de saúde públicas e privadas, deve sempre ser observado os cuidados básicos válidos para todos os locais. São eles, principalmente: o uso de máscara, higienização das mãos com álcool em gel, distanciamento social e o não compartilhamento de objetos.

Até o final da tarde de ontem (09), em Marechal Cândido Rondon eram 17 os casos confirmados de Covid-19.

Marciane Specht, secretária municipal de Saúde, durante apresentação na Câmara (Foto: Cristiano Viteck)

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO