TokLar Estofados
Política Pedido de informação

Soldado Fruet cobra solução para falta de energia de três dias no Oeste

Foto: Divulgação

Após um temporal deixar produtores rurais do Oeste do Paraná sem energia elétrica por três dias no último final de semana, o deputado estadual Soldado Fruet (PROS) vai protocolar nesta segunda-feira (04) um pedido de informações ao presidente da Copel (Companhia Paranaense de Energia), Daniel Pimentel Slaviero, sobre a previsão de ressarcimento pelos prejuízos causados aos consumidores. O requerimento atende à solicitação que o deputado recebeu do avicultor Herberto Marcos Kolberg, de Itaipulândia.

Produtores de frango, suíno e leite da região reclamam do descaso da Copel. “O povo quer uma Copel mais eficiente”, resumiu Herberto. “Essa é a triste realidade dos agricultores hoje com a Copel. Sei como é difícil a falta de energia, principalmente quando fazem pouco caso de nós, agricultores que colocamos a carne e o leite na mesa dos brasileiros. O setor da carne, seja frango ou suíno, e do leite necessita da energia pra tocar as granjas, tirar o precioso leite e resfriá-lo para manter sua qualidade. Ninguém vai ressarcir nosso prejuízo na falta da energia”, relatou o avicultor na mensagem encaminhada ao deputado via rede social.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Conforme noticiou a imprensa, após o temporal da última quinta-feira (31), produtores de leite da região de Missal precisaram tirar o leite “a mão” e descartaram centenas de litros a cada dia. Como as vacas estão acostumadas com as ordenhadeiras, a retirada do leite fica mais difícil. Além dos prejuízos com a produção, a falta de energia estraga alimentos e medicamentos armazenados em geladeira e afeta a higiene pessoal. Segundo os produtores, estes episódios são frequentes na região e, mesmo após vários contatos com a Copel, nenhuma providência havia sido adotada até a tarde de domingo (03).

“Você consegue ficar três dias sem luz? Mas a Copel deixa produtores rurais do Paraná assim”, criticou o Soldado Fruet. “Pelo que estamos vendo, essa empresa multibilionária não está tendo o menor respeito com eles. No Oeste, muitos estão perdendo suas produções. Se fosse uma grande cooperativa, era capaz de colocar até um caminhão gerador, mas como são cinco ou dez vacas leiteiras, o atendimento é este, por causa de um fio arrebentado”, comparou o deputado, que cobra providências rápidas da Copel para resolver a questão.

O Soldado Fruet reitera que está à disposição dos produtores rurais para receber demandas através das redes sociais e do site Reclama Paraná (www.reclamaparana.com.br).

 

Com assessoria

TOPO