Variedades

Com fantasia exclusiva, paranaense Raíssa Santana desfila pela Unidos de Vila Isabel

 

Daniel Pinheiro/AgNews
Raíssa Santana: “Me doei de corpo e alma e foquei em demonstrar a minha energia para contagiar as pessoas

 

A Miss Brasil, Raíssa Santana, parece ter nascido para brilhar na passarela. Seu novo destaque foi no desfile da Unidos de Vila Isabel deste domingo, 26. Com o enredo O Som da Cor, de Alex de Souza, que exalta a influência do negro na formação musical do continente americano, a agremiação carioca foi a quarta escola a se apresentar na Avenida.

Raíssa falou sobre a responsabilidade de representar a Vila Isabel. Senti o mesmo friozinho na barriga que senti no Miss Universo. É muita responsabilidade, pois não queremos nunca fazer a escola perder pontos. Tem muita seriedade em tudo que é produzido durante meses para chegar no dia do desfile totalmente em sintonia. Me doei de corpo e alma e foquei em demonstrar a minha energia para contagiar as pessoas.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Além de Raíssa, nomes como Ticiane Pinheiro e Sabrina Sato também estão na lista de musas da escola. Elas são incríveis. Chego a não acreditar que estava ao lado delas. Elas me inspiram e são merecedores de tudo o que conquistaram, completou a miss.

Para arrasar, Raíssa teve aulas de samba e de como se comportar na Avenida com a musa Dandara. É uma ótima professora. Como todo brasileiro tem samba no pé. Eu já sabia um pouquinho, mas sambar na Sapucaí é algo muito além e me aperfeiçoei bastante, destacou a mulher mais bonita do país.

A Miss Brasil desceu como musa do abre-alas e teve um papel importante no desfile, representando a força e a beleza da negritude brasileira com uma fantasia exclusiva assinada pelo estilista Fernando Magalhães. Ela é a negritude mais bela que vem como porta de entrada para demonstrar a força do continente americano. Ela usou uma fantasia com cristais preto e cristais boreais, além de faisão e detalhes em azul, afirmou Fernando.

No sábado, dia 25, Raíssa desfilou também pela Vai-Vai, em São Paulo, junto com as misses representantes de São Paulo, Maranhão, Espírito Santo e Rondônia. Foi minha estreia no mundo do Carnaval. Percebi que essa alegria é realmente característica do povo brasileiro. Me apaixonei por essa energia, finalizou a miss.

TOPO