Copagril – Sou agro com orgulho
Silvana Nardello Nasihgil

Foque no seu interior

Pessoas que não perdem o foco, o equilíbrio e a esperança em dias melhores têm razões para celebrar cada momento.

Em contrapartida, é fácil perceber quantas pessoas estão perdidas, quanta gente escolhendo um único caminho e se acabando nele como se fosse a tábua salvadora. Gente dando mais do que tem, paralisada em um único foco, gente que esquece família, filhos, parceiros, trabalho, amigos… investindo em um detalhe da vida com um esforço desnecessário e sem sentido. E a ansiedade só cresce e se potencializa.

Casa do Eletricista ARANDELAS

A época é atípica e ela exige de nós um comportamento mais focado. Requer crescimento humano, mais serenidade, mais acolhimento, escuta, investimento no lado espiritual, reflexão, projetos futuros…

Nied 2021 C1

O momento requer que a gente foque muito mais no lado interior, deixando por ora as vaidades e os esforços externos que não têm poder de acrescer elementos que o futuro exigirá de nós. O momento requer atenção redobrada no nosso entorno e nas pessoas que amamos.

Então eu pergunto, para refletirmos: quanto do nosso tempo estamos investindo no nosso crescimento intelectual, espiritual e emocional?

Quanto do nosso tempo estamos desviando da nossa família buscando lá fora suprimentos para as nossas angústias?

E a vida não para, e as carências crescem, crescem porque estamos esquecendo de observar aonde estamos colocando as nossas energias e para onde estamos desviando o melhor de nós.

Na falta de esperança, alguns se perdem de si. Redes sociais bombando sem limite algum, conversas ilógicas ocupando tempo precioso. Outros escolhem investir no físico com a única coisa que pode suprir as faltas que estão sentindo. Muitos pedem sacoladas de roupas ou não têm limites nas compras on-line. E a vida vai sendo maquiada… só que ela não para.

Diante de tantos comportamentos diferentes e típicos do momento em que vivemos, meu intuito é partilhar com vocês a respeito do hoje, focada no amanhã. Levar vocês a pensarem comigo que tipo de atitudes estamos tendo diante desse caos.

Agora estamos mais perto do fim do que do começo. Está na hora de nos prepararmos para o momento seguinte. Faz-se necessário prepararmos a vida para o retorno a um viver mais livre, onde teremos novamente o comando dos nossos dias.

Quando isso tudo terminar, o que foi que a gente fez primeiramente conosco? O que aprendemos? Em seguida, o que fizemos com as pessoas que amamos? O que foi prioridade nesses tempos tão sombrios?

É muito importante fazermos esse questionamento, porque daqui a pouco, logo ali na frente, não seria bom sermos pegos de surpresa por termos deixado de fazer aquilo que realmente importa, por nós e por todos que continuarão a dividir a vida conosco.

 

Silvana Nardello Nasihgil é psicóloga clínica com formação em terapia de casal e familiar (CRP – 08/21393)

silnn.adv@gmail.com

Grupo Costa Oeste 2021
TOPO