Fale com a gente

Silvana Nardello Nasihgil

Ser feliz requer muito mais do que deixar a vida acontecer

Publicado

em

Andamos pela vida buscando satisfazer as nossas expectativas, buscando no outro a satisfação das nossas faltas.

Perdemos muito facilmente a noção das diferenças que temos das outras pessoas. Esquecemos que cada um tem a sua história de vida e se constitui de acordo com as suas vivências. A não observação dessa condição faz com que percamos a compreensão, o respeito e a aceitação do outro e faz com que percamos também o respeito pelas nossas diferenças.

A não aceitação do outro e a vontade de sermos satisfeitos é que geram as guerras emocionais, as dúvidas, as angústias e um monte de sentimentos negativos. Porque as nossas angústias estão, na maioria das vezes, fixadas naquilo que esperamos receber e não recebemos. 

Carregamos ao longo da vida o desejo de sermos satisfeitos, e isso vem lá de quando éramos ainda bebês. Acreditamos, então, mesmo que inconscientemente, que se fizermos “barracos”, birras e cobranças, seja do jeito que for, seremos satisfeitos pelos outros. Ledo engano! Precisamos crescer, tomar responsabilidade e amadurecer emocionalmente.

Portanto, precisamos ter mais serenidade ao conduzirmos a nossa vida, e é muito construtivo observarmos as nossas atitudes. Até quanto somos invasivos nas nossas exigências, até quanto “exigimos” que os outros nos satisfaçam sem qualquer critério?

Cada um é como é. A nós resta aceitar quem cabe ou não. Essa prerrogativa de fazermos escolhas é o melhor jeito de não sofrermos e não levarmos sofrimento aos que partilham a vida conosco.

Como conduzir a vida é uma escolha que todos possuímos, podemos buscar com equilíbrio e serenidade ou podemos ir atropelando tudo e todos. A condução que escolhermos para as nossas vidas nos dará os resultados. Portanto, ser feliz requer muito mais do que deixar a vida acontecer.

Ser feliz é uma construção em que se faz necessário sabedoria e autoconhecimento. Esses são elementos básicos que nos indicarão o caminho a seguir.

Então, não podemos esquecer que precisamos buscar todos os dias pelo melhor de nós, por caminhos mais suaves, pela compreensão e aceitação dos outros, pelo crescimento emocional e espiritual, pela persistência, resiliência… por tudo o que agregue na nossa vida e nos torne hoje melhores do que fomos ontem.

 

Silvana Nardello Nasihgil é psicóloga clínica com formação em terapia de casal e familiar (CRP – 08/21393)

silnn.adv@gmail.com

Continue Lendo

Facebook