Fale com a gente

Editorial

Ficar parado é opção para o fracasso

Publicado

em

Mais de 1,2 mil pessoas acompanharam o Dia do Leite O Presente Rural/Frimesa, realizado por este jornal em parceria com a cooperativa, que tem um de seus pilares em Marechal Cândido Rondon. Cerca de 140 pessoas participaram do evento presencial e mais de 1,1 mil acompanharam de maneira on-line, até a data de ontem (02). Para quem perdeu, o evento pode ser revisto no YouTube ou Facebook do Jornal O Presente Rural.

Em alusão ao Dia Internacional do Leite, comemorado em 1º de junho, data aliás que também é comemorado o Dia Nacional da Imprensa, o evento reuniu produtores de leite e profissionais que atuam diretamente na cadeia de lácteos, como fornecedores de matérias-primas, equipamentos e insumos.

O dia de reflexões contou com quatro palestras, que trataram de diferentes temas, como a evolução da cadeia do leite no Oeste do Paraná, a importância da manutenção do status sanitário brasileiro, as tendências para uma produção 4.0 e o mercado, seus desafios e oportunidades.

Uníssona entre os palestrantes é a certeza de que o produtor que não se especializar e ter bom volume de produção vai ficar pelo caminho. Os pequenos produtores, sobretudo aqueles com baixa tecnologia empregada, devem deixar a atividade nos próximos anos para dar lugar a fazendas maiores, que usam alta tecnologia para alcançar índices de produtividade que lhes garantem mais solidez em um mercado onde a diferença entre o sucesso e o fracasso se conta em centavos.

O evento serviu para tirar o produtor de sua zona de conforto, provocar reflexões e estimular a qualificação no dia a dia das propriedades, seja em Marechal Cândido Rondon ou qualquer outra parte do país. Eventos como este precisam ser replicados com mais frequência, unindo a valorização do homem do campo com a necessidade de atualização constante em suas atividades.

Esse é um dos propósitos do Jornal O Presente Rural ao estrear, ainda no ano passado, na produção e realização de eventos voltados para o agronegócio. Além do Dia do Leite, neste ano teremos também o Dia do Suinocultor, em julho, e o Dia do Avicultor, em agosto, este já em sua 2ª edição.

Levar informação de qualidade e relevância ao agronegócio é um dos compromissos da Editora O Presente. Este importante setor da economia brasileira, responsável por proporcionar alimentos a cerca de um bilhão de pessoas no Brasil e ao redor do planeta, precisa ser abastecido de informações de qualidade, pelos mais variados meios, seja pelo jornal impresso, pelas nossas mídias sociais, nosso site ou nossas publicações audiovisuais. E agora, em eventos híbridos, que oportunizam o olho no olho, o contato direto entre os diferentes atores da cadeia, garantindo ainda, gratuitamente, a participação de quem está em qualquer canto do mundo.

O Dia do Leite O Presente Rural/Frimesa chegou para ficar, assim como os eventos que vão tratar de suinocultura e avicultura, outras duas importantes cadeias de produção na região de Marechal Cândido Rondo e no Brasil. É mais uma ferramenta que ajuda a transformar o agronegócio em uma das mais eficientes cadeias de produção do país. E é preciso se transformar sempre. Ficar parado é a opção para o fracasso.

Continue Lendo

Facebook